AL - Lei do pANTANAL

Família de vítima que morreu em acidente de trabalho receberá indenização de R$ 430 mil

Trabalhador caiu de uma altura de mais de seis metros enquanto consertava telhado da empresa, sem equipamentos de proteção e em dia chuvoso

Por CNOn em 31/05/2024 às 21:15:21

Foto: Divulgação - Família da vítima acompanhada do seu advogado Dr. Rafael Medeiros


A família de um trabalhador morto em acidente de trabalho no Frigorífico BXB em Nioaque/MS, obteve a confirmação da Justiça do Trabalho de que a empregadora e outras empresas pertencentes ao mesmo grupo econômico terão que pagar uma indenização de mais de 430 mil reais pela morte do trabalhador.

A decisão foi dada no dia 22 de maio pelos Desembargadores da 2ª Turma do Tribunal do Trabalho do Mato Grosso do Sul na ação de indenização proposta pelos familiares do trabalhador J.E.S. No processo Nº 024338-44.2022.5.24.0076, confirmando a sentença de primeira instância que já havia condenado as empresas no processo patrocinado pelo escritório contratado pelos familiares, Medeiros & Medeiros Advogados Associados SS.

O trabalhador J.E.S. prestou serviços para as empresas condenadas durante mais de dezoito anos, em diversas funções laborais, como pedreiro, faqueiro e auxiliar de serviços gerais.

No dia do acidente fatal, chovia forte em Nioaque. O trabalhador foi incumbido de subir no telhado do barracão para desentupir as calhas, uma tarefa perigosa que ele teve que realizar sem os devidos equipamentos de segurança.

Infelizmente, a vítima caiu de uma altura de cerca de seis metros, sofrendo traumatismo craniano. Ele foi levado ao hospital onde permaneceu internado por 68 dias até vir à óbito. A negligência na proteção do trabalhador resultou em consequências trágicas e irreversíveis.

Este caso doloroso serve como lembrete da importância das condições de trabalho seguras e da responsabilidade das empresas em proteger seus funcionários. A vida de J.E.S., marcada por anos de dedicação e trabalho árduo, foi tragicamente interrompida por um acidente que poderia ter sido evitado com medidas adequadas de segurança.

Foto internet: Entrada da BXB Foods em Nioaque.

A indenização, não apaga a dor e a perda sofrida pela família, mas representa um passo importante na busca por justiça e na conscientização sobre a segurança no ambiente de trabalho e em segui-las rigorosamente.

A empresa ainda poderá recorrer da condenação, porém até o fechamento desta reportagem não obtivemos contato com seus representantes, estando todavia o espaço em aberto.

Comunicar erro
Marlene Rosa

Comentários

Pena e Fabio